20 agosto 2009

The Rolling Stones - Cocksucker Blues (1976, documentário, p&b/cor, 95 min.)


Direcção: Robert Frank e Daniel Seymour
Produção: Marshall Chess

Elenco e Participações: the Rolling Stones, Nicky Hopkins, Bobby Keys, Jim Price, Ian Stewart, Marshall Chess, Stevie Wonder, Dick Cavett, Muddy Waters, Andy Warhol, Truman Capote, Terry Southern, Tina Turner, Bianca Jagger

Anárquico documentário da excursão americana de 1972. O filme teve uma aparição relâmpago em algumas poucas cidades, dado a seu nome e conteúdo. Poucas cenas dos shows, alguns ensaios e o resto é bastidor. Seja nos hotéis ou durante as viagens, as câmeras não param de filmar. O filme oferece cenas antológicas, como quando Keith, Bobby e Marshall resolvem jogar a televisão pela janela antes de deixarem o hotel. Ao sair, a gerência aparece no lobby fazendo questão de apertar a mão das celebridades, sem demonstrar saber sobre a TV. Há momentos mais arrastados, como quando a caminho para a cidade vizinha, encosta em um bar de beira de estrada e encontram Muddy Waters jogando sinuca. Assistimos então a tropa bebendo cerveja e jogando sinuca com Muddy Waters.

A cena mais comentada do filme possivelmente seja quando o cameraman registra Bobby Keys no avião, encenando praticar sexo oral com uma groupie para, em seguida, amigavelmente estuprar outra groupie presente. A camera chega ao requinte de focalizar em algumas reminiscências do ato que ficaram pingados sob as costas da parceira. Tudo isso enquanto Keith, Mick, Marshall e outros estão rindo, bebendo e levando uma batucada de inglês. O filme é bem chato, mas muito das historias sobre a vida "on the road" você vê acontecendo aqui.

O filme abre com a canção ainda inédita, "Cocksucker Blues". Porque uma música chamada "Cocksucker Blues"? A banda em 1970 já estava com tudo acertado para assinar com Atlantic Records quando é cobrado pela Decca Records, a gravar mais uma música inédita, por exigência contratual. Mick Jagger prontamente pegou seu violão, compôs e gravou "Cocksucker Blues", música tão cheia de palavrões e insinuações sexuais que deve permanecer nos cofres da Decca por mais alguns milênios.


whiplash.net

Aproveitem para ver aqui o famoso documentário: