30 novembro 2006

Hoje há The Parkinsons na ZdB



É o regresso dos The Parkinsons, hoje à noite em concerto na ZdB.

Ludacris - Release Therapy

Falar do novo disco do rapper mais bem sucedido de Atlanta é um pretexto para fazermos um ponto da situação na impressionante carreira de Ludacris

Há muito que o seu nome extravasou as fronteiras do circuito fechado do hip hop para entrar no mundo do cinema, por exemplo. A sua participação no filme «Crash», de Paul Haggis, premiado com três óscares recentemente, deu a Ludacris uma exposição à escala mundial que veio reforçar a sua fama já largamente atingida com a edição de cinco discos entre 2000 e 2004. Ainda para mais quando se sabe que Ludacris pertence à galáxia da influente editora Def Jam, por estes dias presidida por Jay-Z, e que conta sempre com a participação de gente influente do mundo hip hop nos seus discos.

Para a segunda metade de 2006 Ludacris guardou a edição do seu disco mais maturo e ponderado da sua discografia. Chama-se «Release Therapy» e contém algumas das melhores composições do género deste ano. Comecemos por «Money Marker», não por acaso o single de apresentação que conta com a participação de Pharrell (que parece dar-se melhor em terreno alheio do que em causa própria) e que é um exemplo do que de melhor se produz no Hip Hop actual.

Perceba-se Hip Hop actual como o movimento que invadiu os canais MTV e que combina videoclips exibindo luxos e luxuosas mulheres a acompanharem a maior parte dos rappers que se movem neste eixo. O mesmo vale para «Girls Gone Wide», ou «Grew up a Screw Up» com Young Jeezy. Mas depois há um lado mais soul, mais funk, o tal que explica o «Therapy» do título. E aqui moram canções de bom recorte clássico como «Mouths to Feed», ou o excelente «Runaway Love» que conta com a ajuda de Mary J. Blige.Há mais colabroações a registar; R. Kelly em «Woozy», Bobby Valentino em «End of The Night», ou Field Mob em «Ultimate Satisfaction». É o disco da afirmação de Luadris como grande figura do hip hop americano.

Ludacris
«Release Therapy»
Disturbing Tha Peace/Universal

publicado no Disco Digital

29 novembro 2006

«Once Again», John Legend

John Stephens, mundialmente conhecido por Legend, deu nas vistas há dois anos com o disco “Get Lifted”. Ficou a imagem de marca, Jonh e o seu piano, a dar voz a melodias de componente soul, e com o estrondoso apoio de um dos rappers melhor sucedidos nos últimos anos; Kanye West.
Mas se no anterior disco notava-se bem a mão de Kanye, e de Snoop Dogg, neste novo registo a ausência de vocalizações ao estilo hip hop é total. A aposta vai inteira para a voz de Legend que ao longo de 13 temas oscila entre os estimulantes exercícios soul de «Coming Home», ou «Save Room», e as monótomas composições R&B polido para ouvidos habituados ao pop.

Por isso Once Again não é o enorme (em quantidade) disco que as ajudas de Will I.Am, e Kanye West, deixavam adivinhar. Há outro factor que deve ser levado em conta, o piano anda menos presente ao longo de Once Again, e nota-se a sua falta que não é disfarçada com mais guitarras.

Os temas que melhor funcionam nesta nova aposta de John Legend são «Save Room», a faixa de abertura que nos seduz num crescendo continuo, e «Each Days Gets Better», onde o piano está presente trazendo o maior carimbo de qualidade de Legend. Apesar da fuga para o R&B mais acessível, «Once Again» é um conjunto simpático de boas canções que não chegam para fazer um disco inesquecível.

John Legend
«Once Again»
RCA/Sony BMG


publicado no Disco Digital

28 novembro 2006

Spanky Wilson & Quantic no Casino: The Funk Soul Sister

À partida afirmar que o Casino de Lisboa é o melhor poiso para se estar numa segunda feira à noite em que a capital está debaixo de um autêntico dilúvio, pode, e deve, causar estranheza ao leitor menos atento. Felizmente que a população anda cada vez mais atenta às movimentações nocturnas da sua cidade e foi sem surpresa que a sala do Casino estava muito bem composta para receber o excelente concerto de Spanky Wilson & The Quantic Soul Orchestra.

Já disse na introdução que se tratou de um excelente concerto, e não há que fazer muito suspense sobre a actuação da senhora Spanky Wilson. Foi um autêntico bálsamo para os nossos ouvidos, e as nossas molhadas almas, ver e ouvir a interpretação fantástica de Spanky Wilson, que entregue a sua voz à soul e ao funk de maneira impressionante, e com a experiência de quem já cantou com Marvin Gaye, ou Sammy Davis Jr., entre muitos outros nomes sagrados.

A experiência de se assistir a um concerto no Arena Lounge, nome pomposo dado ao espaço onde decorrem os concertos no Casino de Lisboa, é enriquecedora para o curriculum de quem já anda a ver espectáculos ao vivo há alguns anos, como é o caso do autor destas linhas. Foi a primeira vez que tive a ideia de estar a ver um concerto a acontecer numa varanda de um prédio de luxo. Há a possibilidade de usarmos as escadas rolantes para ficarmos ao mesmo nível da varanda do palco, ou mesmo ficarmos um andar acima. O que não é tão aconselhável é ficar pelo rés-do-chão pois o pescoço não vai gostar do esforço de estarmos sempre a olhar para cima.

Por outro lado, o intercalar do estimulante som vindo da orquestra Quantic Soul, com o tilintar inconfundível das máquinas de jogos, dá um ambiente especial a uma noite diferente.

Em termos musicais a apresentação de «I’m Thankful», o disco que junta a cantora à orquestra, foi imaculada. Muito bem os músicos nos momentos instrumentais, e irrepreensíveis a acompanhar Miss Spanky que, claro, foi a dona e senhora das atenções da noite. Os temas «A Woman Like Me», «I’m Thankful», ou «Blood From a Stone» ainda devem estar a ecoar no imenso espaço do Casino.

Um concerto que correspondeu a todas as expectativas, e que nos fez esquecer por completo da chuvada que caía lá fora.

texto publicado no Disco Digital

Hoje há Balla no Teatro Municipal Maria Matos


Armando Teixeira acaba de editar o novo disco para um dos seus projectos mais mediáticos: Balla. Chama-se A Grande Mentira, e é um álbum carregado de boas canções, que pela primeira vez são cantadas na totalidade pelo próprio. Há uma versão muito interessante de Oub'Lá dos Mão Morta, e um conjunto de singles prontos a saltarem para os airplays nacionais.
Hoje é apresentado o disco no Teatro Municipal Maria Matos num concerto prometedor, a partir das 21h30.

A Versão Online do Triângulo Escaleno

O Podmatic, site que alberga o podcast do programa, anda esquisito e não deixa ouvir as últimas emissões online.
Para quem quiser pôr a escuta em dia deixo aqui os links que permitem fazer download dos ficheiros mp3's com as emissões #12 e #13, ou seja as duas últimas:

Emissão #13

Emissão #12

27 novembro 2006

Spanky Wilson & The Quantic Soul Orchestra de Borla no Casino de Lisboa - HOJE

Serve este recado para vos avisar que vamos entrar num espaço de tempo onde não vai haver tempo para descanso, não vai haver maneira de disfarçar as olheiras, e onde as noites vão ser mais longas que os dias. Vamos entrar na semana de todos os concertos. Nem vale a pena anunciar tudo o que pode ver nos próximos dias. É melhor irmos dia a dia escolhendo os nossos serões.


Hoje há Spanky Wilson & The Quantic Soul Orchestra. Instrumentais funk de ritmo irresistível, e a voz lendária da soul de Spanky Wilson.

A partir das 22h30 no Arena Lounge no Casino de Lisboa e de... BORLA!!

26 novembro 2006

Alinhamento Definitivo do Festival Roots&Routes


Além dos nomes já conhecidos foram anunciados ontem à noite mais algumas presenças importantes:
Ty, Boxcutter, Steinski e Various Production.

Concertos a acontecerem no Music Box, a nova sala lisboeta que nasce no Cais do Sodré.

Borat com Beck

A personagem mais cómica do cinema por estes dias teve uma passagem fulgurante pelo mediático programa televisivo de David Letterman. Além das respostas desconcertantes há um final apoteótico com Borat a tocar no mesmo palco de Beck:

Um Bom Argumento...

... para fazer downloads de discos e concertos.

25 novembro 2006

Festival Roots&Routes Hoje Apresentado

A Journeys abre hoje à noite a cortina sobre o Festival Roots & Routes apresentado o alinhamento definitivo, preços de bilheteira e datas. Já se sabe à partida que vamos poder ver Kode 9 o nome do momento da movimento Dubstep, mas outras surpresas estão guardadas para a festa de lançamento a acontecer logo. Anotem:

Drumagick (Brasil), João Gomes, Mike Stellar
Festa de Apresentação Festival Roots & Routes 2006
25 de Novembro @ Europa (Cais do Sodré), Lisboa
23h00/04h00 - entrada: 5 euros

Parabéns à Rua de Baixo

Esta semana o portal de música Rua de Baixo completa 3 anos de vida.
Parabéns pelo aniversário, e pela grande festa que deram na passada quinta feira no Clube Mercado e que contou com a presença dos Linda Martini entre muitos outros amigos.

Positive Vibes Radio

Aqui fica o endereço para que possam ouvir a nova Rádio reggae Positive Vibes:
mms://www.positivevibes.pt/radio

A Matemática de Timbaland

Curiosa fórmula apresentada neste blogue à volta do novo single de Timbaland, "Give it To Me" que conta com Nelly Furtado e Justin Timberlake.
Passem na Prefixmag.com descubram tudo sobre esta união dos meninos, e menina, do momento e oiçam o single.

24 novembro 2006

Lançamento da Rádio Online Positive Vibes



Grande festa marcada para logo à noite a celebrar o arranque oficial da rádio online Positive Vibes.
Muito reggae para combater o mau tempo com Lukie D à cabeça.

Snoop Dogg Novo Disco e Passagem por Lisboa



Este é o novo disco do rapper Snoop Dogg.
A novidade é que "Blue Carpet Treament" será apresentado ao vivo em Lisboa em 2007.
Haja público para isso.

Vamos Votar

O Grandes Sons dá aqui eco da bela iniciativa que As Crónicas da Terra está a levar a cabo com o objectivo de eleger um disco que seja digno de ser escolhido pelo júri do Prémio José Afonso que não quer eleger nenhum registo deste ano.
Aqui fica o apelo a que este blogue se associa:

As Crónicas da Terra estão dispostas a lançar uma petição para que o júri do Prémio José Afonso (que a Câmara Municipal da Amadora atribui desde 1988 a um disco português, com o intuito de além de homenagear Zeca, estimular a criação musical de raiz portuguesa) reconsidere a decisão de não ter atribuído este galardão devido ao facto de este “não ter encontrado mérito consonante com o prestígio do Prémio”. Acreditamos que em 2005 foi editado um bom lote de discos. Por isso gostaríamos que os leitores votassem num dos títulos que passamos a mencionar (através do sistema de comentários):

- Cristina Branco - “Ulisses”
- Galandum Galundaina - “Modas I Anzonas”
- Sara Tavares - “Balancê”
- Mandrágora - “Mandrágora”
- Bernardo Sassetti - “Ascent”
- Carlos Bica - “Single”
- Marenostrum - “Almadrava”
- Chuchurumel - “No Castelo de Chuchurumel”

Aquele que obtiver mais votos será o álbum pelo qual faremos “campanha”, através de petição, para que lhe seja atribuído o referido prémio de 2006.

http://cronicasdaterra.com/cronicas/

23 novembro 2006

A Blitz de Dezembro

Um Site



O jornal Um, aqui apresentado há uns meses, passa a ter uma página própria onde podemos ir consultando as publicações já editadas.
Apontem os vossos browsers para: http://www.umjornal.com/

Lembro que nas lojas Fnac encontram a edição 3 por estes dias.

Apresentação do DVD Real Live Roadrunning

A edição em cd e dvd da actuação ao vivo de Mark Knopfler e Emmylou Harris, que anunciei aqui há semanas, já está à venda. Por cá ainda não vi em lado nenhum, mas deixo uma apresentação do que podemos ver e ouvir no dvd Real Live Roadrunning:

22 novembro 2006

Horace Andy Regressa a Portugal


É uma grande notícia para o último mês do ano. Horace Andy vai regressar para um concerto em Portugal já em Dezembro.
Depois da fabulosa passagem pela Casa da Música há um ano, Horace Andy vai estar no dia 9 de Dezembro no Hard Club de Gaia para mais uma grande noite de reggae.
Os agradecimentos vão para o Portal do Reggae que promove a vinda do "Roxinol" e que permite ao Hard Club viver mais uma excelente noite antes de encerrar portas.

21 novembro 2006

A Loucura à Volta do Cid

José Cid está definitivamente em sintonia com a geração que cresceu com as suas músicas. É o triunfo da chamada música ligeira. Aqui está um video do concerto de ontem no Casino de Lisboa:

Para Quem Conseguir...

Uma ideia de Bill Drummond. Um louco, claro, basta dizer que era um dos mentores dos KLF.

20 novembro 2006

No Dia Em Que Nasci

O disco que ocupava o número 1 do top britânico era:


Faces - Ooh La La

Um bom disco rock n' roll com alguns dos melhores temas escritos pelos Faces.
Não é nada mau, podia ser muito pior.

Para saber que disco estava no top no seu dia de anos vá até: everyHit.com

Fat Freddy Passaram Pelo Triângulo Escaleno

Já tinha chamado a atenção para o estimado leitor em relação à banda Fat Freddy. Tudo porque acabam de editar um disco muito bom, claro candidato a figurar nos melhores portugueses de 2006, e iam estar em Lisboa neste fim de semana que passou para um concerto de borla no Lounge.
O concerto correu muito bem, e o duo aproveitou para promover o seu novo trabalho. Felizmente tive a oportunidade de passar com eles as duas horas semanais do Triângulo Escaleno desta semana. A ideia foi do Vítor Junqueira que com isto arranjou uma maneira de fazermos uma daquelas emissões que um dia mais tarde vou recordar.
Os Fat Freddy são muito acessíveis, simpáticos, e uma excelente companhia. Trocámos sugestões musicais, falámos de muitos assuntos à volta da sua música, e quero deixar aqui o agradecimento ao Nuno e Pedro pelas belas duas horas que passei neste domingo à noite. Depois do programa ainda se fizeram à estrada para regressarem ao seu Porto. Espero que tenha sido uma boa viagem e em Dezembro cá vos esperamos para mais um concerto, desta vez no Left.

myspace Fat Freddy

19 novembro 2006

Sugestão para a tarde de Domingo



Rui Miguel Abreu a dar música no Museu do Chiado.

18 novembro 2006

Fat Freddy em Destaque

A banda nortenha Fat Freddy tem disco novo à venda. Mais uma boa proposta que pode ser apreciada hoje ao vivo, e de borla, no espaço Lounge em Lisboa.
O vocalista Pepe vai estar amanhã à conversa comigo e com Vítor Junqueira no 12º Triângulo Escaleno.
Hoje não percam Fat Freddy no Lounge.

Hoje no Santiago Alquimista

A não perder: Carlos Bica & Old Jerusalém e Complicado & Half Asleep

17 novembro 2006

5 Aparições Televisivas Históricas - 5 The Beatles @ Ed Sullivan Show

Para fechar estes 5 momentos históricos televisivos só podia ser com os Beatles. Aqui fica a estreia dos Fab Four na tv americana. Foi em 1964 no programa Ed Sullivan Show a interpretar "She Loves You":

16 novembro 2006

Hoje Há Vicious 5

Concerto a não perder no bar Left.

5 Aparições Televisivas Históricas - 4 Jimmi Hendrix @ Lulu Show

Em 1969 num concerto no programa Lulu Show, Jimmi Hendrix improvisou uma versão de "Sunshine of Your Love" dos Cream:

15 novembro 2006

5 Aparições Televisivas Históricas - 3 Madonna @ The Tube

Recuemos a 1984 quando uma moça chamada Madonna estreava-se na televisão britânica. Foi com os temas "Burning Up" & "Everybody" gravado no mitício Haçienda que Madonna apareceu no The Tube no Channel 4.

Oferta de Bilhetes para Debut! @ Clube Mercado

Quem quiser conhecer os Debut! ao vivo é só visitarem o blogue do programa de música portuguesa da Química FM:
A Padeira de Alcoitão

The Best of Bond ...James Bond



Faltava a compilação dos temas das bandas sonoras da saga cinematográfica James Bond. Faltava, mas já não falta. Aí está o The Best of Bond ...James Bond, a recuperar interpretações inesquecíveis de gente como Shirley Bassey, Duran Duran, Louis Armstrong, A-Ha, Nancy Sinatra, Garbage ou Tina Turner.

Alinhamento completo:

1. James Bond Theme - Monty Norman Orchestra
2. Goldfinger - Shirley Bassey
3. Nobody Does It Better - Carly Simon
4. View To A Kill, A - Duran Duran
5. For Your Eyes Only - Sheena Easton
6. We Have All The Time In The World - Louis Armstrong
7. Live & Let Die - Paul McCartney & Wings
8. All Time High (from "Octopussy") - Rita Coolidge
9. Living Daylights, The - A-Ha
10. License To Kill - Gladys Knight
11. From Russia With Love - Matt Monro
12. Thunderball - Tom Jones
13. You Only Live Twice - Nancy Sinatra
14. Moonraker - Shirley Bassey
15. On Her Majesty's Secret Service - John Barry Orchestra
16. Man With The Golden Gun, The - Lulu
17. Diamonds Are Forever - Shirley Bassey
18. Goldeneye - Tina Turner
19. Tomorrow Never Dies - Sheryl Crow
20. World Is Not Enough, The - Garbage (bonus track)
21. James Bond Theme (from "Tomorrow Never Dies") - Moby (bonus track)

10 anos de Everything Must Go dos Manic Street Preachers



Faz 1o anos que os galeses Manic Street Preachers editaram "Everything Must Go", o disco que se tornou célebre por ter sido o primeiro gravado já sem o desaparecido guitarrista Richey James. A canção "A Design For Life" tornou-se um clássico da discografia da banda e ajudou a que "Everything Must Go" tenho vendido mais de 2 milhões de cópias.
O décimo aniversário do disco merece uma reedição revista e aumentada de 2 cd's e 1 dvd: 10th Anniversary Edition Deluxe (cliquem no link para ver em detalhe todas as faixas do alinhamento).

14 novembro 2006

5 Aparições Televisivas Históricas - 2 Nirvana @ The World

No auge da loucura que envolvia a descoberta do disco "Nevermind" os Nirvana apresentavam-se na televisão britânica em Novembro de 1991 no programa The World. Aqui está documentada a introdução mais célebre de Kurt Kobain a "Smells Like Teen Spirits", quando resolveu referir-se a Courtney Love desta maneira: "The Best fuck in the world"

Dave Matthews Band na Europa

De 23 de Fevereiro a 13 de Março a Dave Matthews Band vem à Europa. Vão passar por Inglaterra, Escócia, Irlanda, Itália, França, Alemanha, Bélgica e Holanda.
Tenho para mim que o "Live at Red Rocks 8.15.95" é um dos melhores registos ao vivo que eu tenho na minha colecção de cds, e como já perdi a esperança de os ver por cá começo a pensar muito seriamente em viajar até um destes países no próximo ano para assistir a um concerto.
Dia 10 de Março tocam em Amsterdão, e é um sábado.
Alguém se quer juntar?

13 novembro 2006

Triângulo Escaleno #11 ONLINE


Click here to get your own player.

5 Aparições Televisivas Históricas - 1 Radiohead @ MTV Beach House

Inspirado por um artigo sobre o futuro da música na tv, publicado na revista Q de Dezembro, partilho 5 aparições televisivas de grandes nomes do rock/pop que fizeram história, tudo graças ao You Tube, claro.
O primeiro momento pertence aos Radiohead na fase pré-Kid A. Em 1993 um louro Thom York cantava "Creep" rodeado de teenagers em bikini:

12 novembro 2006

Triângulo Escaleno #11 - A estreia Feminina

E ao 11º programa o Triângulo recebe a visita de uma senhora. Finalmente, uma voz feminina na nossa emissão. A escolhida foi a Ana Martins, uma amiga da casa já que é a apresentadora do "Boa Noite e Um Queijo", e uma das vozes do espaço diário de sugestões culturais, "Sai de Casa".
Para ouvir hoje a partir das 22h.

10 novembro 2006

Double D Force: Full Moon Mix



Descodificando para quem não percebeu logo pelo título: aqui fala-se de um excelente set de DJ com a assinatura de D-Mars.
Para os mais distraídos, D-Mars é o homem que deu vida ao projecto Rocky Marsiano que no ano passado editou aquele que foi para muito boa gente (onde eu me incluo) o melhor disco feito em Portugal, Pyramid Sessions.
Este ano voltou com novo projecto, igualmente cativante, e de grande qualidade. Double D Force é o seu nome, e o disco chama-se sugestivamente Enforce the Funk. É de consumo obrigatório, onde o Electro convive com o Hip Hop de mãos dadas com o Funk. Double D Force figurará nos diversos inventários do que de melhor se fez por cá em 2006.
Mas até aqui os mais atentos já sabiam. A novidade é que há um set de DJ D-Mars pronto a ser ouvido. Chama-se Full Moon Mix e pode ser descarregado no grandioso blogue Hit Da Breakz.

Os Melhores de 2006 (já?!) - Uncut Chega-se à Frente

1. Bob Dylan – "Modern Times"
2. Scritti Polliti – "White Bread, Black Beer"
3. Comets On Fire – “Avatar”
4. Joanna Newsom - "Ys"
5. Neil Young – "Living With War"
6. Arctic Monkeys – "Whatever People Say I Am, That's What I'm Not”
7. Midlake - "The Trials of Van Occupanther"
8. Hot Chip – "The Warning"
9. Sufjan Stevens – "The Avalanche"
10. Thom Yorke – "The Eraser"

11. The Flaming Lips – "At War With The Mystics"
12. Bonnie 'Prince' Billy – "The Letting Go"
13. Lindsey Buckingham – "Under The Skin"
14. Cat Power – "The Greatest"
15. Brightblack Morning Light – “Brightback Morning Light”
16. The Raconteurs – "Broken Boy Soldiers"
17. Ali Farka Toure – "Savane"
18. CSS – "Cansei De Ser Sexy"
19. Beck – "The Information"
20. Burial – “Burial”

21. Vetiver – "To Find Me Gone"
22. Espers – "Espers II"
23. Ghostface Killah – "Fishscale"
24. Howlin' Rain – “Howlin’ Rain”
25. Scott Walker – "The Drift"
26. TV On The Radio – "Return To Cookie Mountain"
27. Yo La Tengo – "I am Not Afraid Of You and I Will Beat Your Ass"
28. Tom Waits – "Orphans: Brawlers, Bawlers and Bastards"
29. Oakley Hall – "Second Guessing"
30. Neko Case - "Fox Confessor Brings The Flood"

31. Mastodon – "Blood Mountain"
32. Johnny Cash – "American V"
33. Clap Your Hands Say Yeah – “Clap Your Hands Say Yeah”
34. Grandaddy – "Just Like The Family Cat"
35. Sonic Youth – "Rather Ripped"
36. Scissor Sisters – "Ta-Dah"
37. OutKast – "Idlewild"
38. Lily Allen – "Alright, Still"
39. Lambchop – "Damaged"

40. Joan As Policewomen – "Real Life"
41. Jenny Lewis – "Rabbit Fur Coat"
42. Donald Fagan – "Morph The Cat"
43. Bruce Springsteen – "We Shall Overcome"
44. Kasabian – "Empire"
45. The Walkmen – “A Hundred Miles Off”
46. Band of Horses – "Everything All Of The Time"
47. Gnarls Barkley – "St. Elsewhere"
48. Muse – "Black Holes and Revelations"
49. Belle & Sebastian – "The Life Pursuit"
50. Drive By Truckers – "A Blessing And A Curse"

09 novembro 2006

M.A.U. ... Maria...

Um videoclip delirante, a dar um novo sentido à expressão "procriar como coelhinhos", simples, forte, e feito em Portugal por portugueses. Os M.A.U. a dar cartas no seu video de apresentação do segundo single tirado do álbum de estreia "Man and Unable".
Assim vão conseguindo distanciarem-se do single-TMN "It's Lovely", e ganhando espaço entre as novas bandas portuguesas.
Vejam o videoclip do Coelhinho Alucinado ( se os M.A.U. quiserem continuar numa de sonorizar publicidade podem começar a pensar na Duracell )

Kode 9 + Spaceape em Lisboa em Dezembro

O projecto Kode 9 + Spaceape editou um dos discos mais interessantes e badalados deste ano, "Memories of Future" tem sido divulgado por essa net fora.
Um conjunto de excelentes temas dentro do género que começa a ganhar cada vez mais adeptos; o dubstep.
Para quem não está muito familiarizado com os termos dubstep, ou hyperdub aconselho vivamente uma leitura ao artigo que Rafael Santos publicou no Bodyspace.net. Estão lá boas descrições dos discos mais mediáticos do género pertencentes a Burial e Kode9 + Spaceape.

Como bónus, e caso o leitor fique tão agarrado a estes disco como eu, a grande notícia do dia é que vamos poder ver e ouvir Kode 9 + Spaceape em Dezembro por Lisboa em espaço a confirmar. Tudo indica que fará parte do cartaz Festival Roots & Routes.

08 novembro 2006

Sobre o Triângulo

A revista Media XXI destaca o novo projecto de rádio Química FM.
O texto é escrito por Paula Cordeiro que reserva umas palavras ao Triângulo Escaleno:

Um dos programas de autor, “Triângulo Escaleno”, já tem um blogue e os podcasts estão igualmente disponíveis em sítio próprio. Da responsabilidade de João Gonçalves e Vítor Junqueira, o programa vai para o ar aos Domingos à noite, numa espécie de reunião de amigos em que um deles, o convidado da semana, fala de si e da música que o rodeia.

Para lerem o artigo inteiro é favor consultar o blogue Net FM.

07 novembro 2006

«Game Theory», The Roots



Quando falamos dos The Roots, falamos de uma banda de hip hop com mais de 15 anos de carreira, com um historial que nos mostra que nunca facilitaram na produção da sua música, apostando sempre em composições cruas e duras.

Não deixa der irónico que os Roots sejam reconhecimos universalmente por pouco mais de 3 minutos de fama, numa canção chamada «The Seed» que correu até pelo ouvido menos atento ao género musical. Foi o chamamento para o disco de 2002 «Phrenology», e o consequente conhecimento de um auditório que desconhecia o trabalho da banda.
Era fácil para a banda repetir a fórmula e ir dando mais uns «the seed» nos seus trabalhos posteriores. Felizmente ?uestlove e seus companheiros encararam este êxito como um acidente de percurso e seguiram nas suas convicções, isto é temas fortes abordando assuntos pesados, dramáticos, críticos e musicalmente não facilataram. Também não endureceram, é preciso que se diga, o seu registo está longe dos tempos em que as faixas eram mais longas e improvisadas.

Este Game Theory é um disco marcado pela morte de Dilla, um companheiro do grupo. Está igualmente cheio de recados a uma indústria que ignora o livre talento em detrimento de fórmulas de sucesso.

Cumprem bem o papel que sempre desempenharam, mas também não se pode dizer que este regresso dos Roots traga algum material de obrigatório conhecimento. Continuam o seu caminho, o que já é bom.

The Roots
«Game Theory»
Def Jam/Universal

in Disco Digital

06 novembro 2006

Ouvir o Triângulo #10

Já está disponível a emissão de ontem no podcast do Triângulo Escaleno.
Uma noite chuvosa, que começou com uns minutinhos de atraso depois de um raid Estádio da Luz - Alcoitão.
Estreámos as Long Blondes, e a Amy "Casa de Vinho", andou-se pelo reggae por causa de Gregory Isaacs, e fomos ao baú dos Blues.
Isto e muito mais para ouvir em:

Click here to get your own player.

O Novo dos Cool Hipnoise no Casino de Lisboa

Bom pretexto para entrar pela primeira vez no Casino de Lisboa. Logo à noite os Cool Hipnoise apresentam o seu, aguardado, novo disco.
A entrada é livre!
Oiçam Kita Essa Dama o primeiro avanço para o disco novo no myspace da banda.

05 novembro 2006

Gregory Isaacs @ Alcântara

Fico contente quando vejo que um concerto de uma lenda jamaicana arrasta uma pequena multidão para celebrar a sua música. Não é surpreendente porque já tinhamos percebido que Portugal acordou para o reggae de vez, os concertos recentes de Max Romeo, ou Burning Spear, em Lisboa tiveram casa cheia. Gregory Isaacs pertence à galeria dos dois nomes citados, lendas jamaicanas, por isso pode considerar-se normal a numerosa presença de público.

Por outro lado, e não querendo beliscar o excelente esforço da Positive Vibes, acho que já começa a ser tempo de colocar estes grandes nomes em locais mais, vamos lá, dignos...
Ontem tudo aconteceu num pavilhão perto das docas de Alcântara com uma acútica terrível. Mesmo assim nota alta para a actuação do senhor Gregory Isaacs que esteve ao nível dos seus conterrâneos a nível exibicional.
Está lá tudo, a voz, a entrega, os excelentes músicos, o balanço, o ritmo, e a figura impecável do artista com o seu chapéu.
Um grande concerto de reggae, onde não faltaram os êxitos da sua carreira na recta final da actuação que termina sem encore. É um senhor, sai de palco com um sorriso estampar, acena ao massivo e retira-se para o seu mundo abençoado por Jah.

O pior da noite, e começa a ser habitual nestas organizações, é termos que levar com o reggae feito, e escolhido pela malta do surf que ainda não sabe bem o que significa reggae/roots, e baralha Jamaica com Alemanha. Foi penoso esperar mais de duas horas pela entrada do mestre.
Sem querer melindrar ninguém fica o recado: brancos, deixem o reggae para quem sabe.

03 novembro 2006

Cosmopolis Noite 1

Hoje há a primeira noite do Cosmopolis no Santiago Alquimista. Bom pretexto para voltar a ver os Wraygunn ao vivo.
Wraygunn + Fancy + Ann Pierle - Santiago Alquimista

02 novembro 2006

A Folk dos Beatles

Os Beatles homenageados por gente da Folk Americana. É um tributo que ainda não havia, um dos poucos, e que agora vê a luz do dia.

Alinhamento:
1. Drive My Car - Moray, Jim
2. Norwegian Wood - Waterson:Carthy
3. You Won't See Me - Brady, Paul
4. Nowhere Man - While, Chris
5. Think For Yourself - Coope Boyes & Simpson
6. Word - Dickinson, Johnny
7. Michelle - McTell, Ralph
8. What Goes On - Hewerdine, Boo & Eddi Reader
9. Girl - Tams, John
10. I'm Looking Through You - Simpson, Martin
11. In My Life - Tabor, June
12. Wait - Dillon, Cara & Sam Lakeman
13. If I Needed Someone - Show Of Hands (1)
14. Run For Your Life - Spiers & Boden

Dia de MTV Europe Music Awards

Um ano depois da festa de arromba em Lisboa, os prémios da MTV Europa são hoje entregues em Copenhaga, capital da Dinamarca em grande depois da vitória histórica de ontem do FC Copenhaga sobre o Manchester na Liga dos Campeões!
Para quem acha piada a seguir a mega produção da MTV é acompanhar a partir das 19h no canal de cabo.
Este ano se o prémio de melhor video não for para os OK Go é a injustiça do ano.

Hoje Recorda-se Mogwai

A propósito do descalabro do Celtic, quem tem na banda Mogwai grandes fãs, em Lisboa recupero um tema fabuloso do disco de 2003, Happy Songs For Happy People, e partilho com os visitantes deste humilde espaço.
Hunted By a Freak:

01 novembro 2006

Atenção ao Passatempo

Vão até ao blogue do programa de música portuguesa da Química FM e tentem ganhar bilhetes para Riding Panic + Gnu no Mercado a acontecer no próximo sábado.