30 setembro 2006

Dazkarieh nos Jerónimos

Hoje os Dazkarieh apresentam o seu novo disco, já à venda, no Mosteiro dos Jerónimos.
A entrada custa 10€.

29 setembro 2006

Hoje Há Bonga. Haja Dinheiro

Tal como já tinha anunciado há umas semanas, hoje há grande festança na Aula Magna com um concerto de consagração de Bonga. O problema é que os bilhetes são um pouco puxados. De 20 euros a 50...

Howe Gelb a 24 de Outubro


Dia 24 de Outubro é imperdível o regresso de Howe Gelb a Lisboa.
O reencontro está marcado para o Santiago Alquimista, onde já deu um excelente concerto.
Este ano a passagem pelo Lisboa Soundz foi um bom aperitivo para o que aí vem.
Marquem na agenda 24 de Outubro.

Bootleg dos Pearl Jam em Lisboa

A bootleg do grande concerto dos Pearl Jam no Pavilhão Atlântico no início deste mês já está disponível para quem quiser fazer o download no emule. Deixo aqui o link do concerto que comentei aqui na altura, ou seja o da primeira noite.

basta carregarem no link e terem o emule ligado
(1ª noite) Concerto Pearl Jam @ P. Atlântico

28 setembro 2006

Sérgio Godinho de Volta aos Originais


Já no mês de Outubro vamos ter novo disco de Sérgio Godinho. É o primeiro de originais em 6 anos, depois de compilações, e colaborações, Godinho apresenta 10 temas originais.
A notícia é avançada pelo site Cotonete.

Bar Left, 1 Ano de Vida

Hoje à noite festa de aniversário pelo primeiro ano de vida do bar em Santos. Noite com vários Dj's a espelhar as actividades daquele espaço nos últimos 12 meses.
Muito boa música passou por ali, e o Left já é ponto de passagem obrigatória na noite lisboeta. Sempre bem recebidos pelo Jorge e restante malta da casa.
Parabéns, e até logo (assim permita esta gripe tramada).

27 setembro 2006

Beyoncé em Portugal

Quem sabe por inspiração da bela capa da Blitz, exposta mais abaixo, hoje há a notícia de concerto da senhora entre nós. Em 2007, mas vai valer a pena esperar.

No site do Disco Digital:

A data é avançada pelo site oficial da artista, que se desloca ao Pavilhão Atlântico, Lisboa, a 24 de Maio.

A estreia da ex-Destiny´s Child no nosso país insere-se na digressão europeia de promoção ao álbum «B´ Day», o segundo disco a solo de Beyoncé.

Hoje Inominável @ Incógnito


Inominável é a alcunha usada pelo Dário no Fórum Sons. O Dário é um dos gajos mais porreiros que conheci nos últimos anos, um madeirense em Lisboa que adora música, tem um BLOGUE copos, e trata bem os amigos. Aqui fala-se da grande festança que vai acontecer logo no bar Incógnito onde o Dário vai estrear-se nos pratos com DJ.
Apareçam, ele merece e a partir da meia noite o homem faz anos.

Liars e deerhunter @Club Lua

A música faz bem ao corpo e à mente, ou a ironia de em poucas horas na mesma cidade dois espectáculos resultarem em emoções totalmente opostos. Qualquer uma destas teorias poderia servir de introdução a um pequeno texto descritivo do que foi a passagem dos Liars pelo Club Lua.
Mas é mas elementar justiça que se comece pelo óbvio, os Liars voltaram a dar um soberbo concerto em Lisboa. (ao que parece no Porto também foi bom)
Mesmo para o mais mal disposto sujeito presente naquela sala, consequência de uma ida à Luz ve o tal outro espectáculo noutro lado da cidade, é impossível não embarcar na loucura que os Liars disfarçam na sua música.
É tudo tão simples, tão crú, e ao mesmo tempo tão absorvente. As batidas tribais de Julian Gross, as diabruras de Aaron Hemphill entre sintetizador, gitarra e microfone, e a teatralidade, entrega, e olhares enfeitiçados de Angus Andrew, um vocalista realmente, e literalmente possuído.
O som sai hipnótico, cadente, cheio, e por vezes brutal. Sonoridades que vão ao encontro da voz, e dos gritos alucinados de Angus. Ou será o contrário?
Tudo muito bom, tudo muito rápido, o tempo vôa e chegamos a uma recta final de concerto totalmente arrasadora, a que nem faltou ver Angus Andrew com vestido de senhora. Encarnado. Ora bola, a cor é que podia ter sido outra, esta faz logo lembrar o equipamento daquela equipa treinada por uma espécie de homem enfeitiçado, capaz de espalhar o mal pela imensa legião de seguidores da águia. Como eu. Saí da Luz envolvido no bruxedo vindo do banco de suplentes, atirado pelo homem da gravata, mas no Club Lua encontrei o trio curandeiro que espante todos os males. Com música. E espantam bem.
Um grande concerto que acabou com uma excelente versão dos Nirvana.

A primeira parte não foi uma mera formalidade. O Luís Bento já tinha avisado no Triângulo Escaleno do último domingo que os Deerhunter iriam ser uma boa surpresa.
E foram. Um vocalista feito quase só de pele e osso agarra o concerto como se fosse a última coisa que iria fazer na vida. Canta, grita, e dá sentido a todo o rock que os Deerhunter apresentam. Convincente, e bom!

26 setembro 2006

À Venda na Sexta Feira




A Blitz

Dia LIARS




Hoje há o imperdível concerto dos Liars no Club Lua, em Lisboa.
1ª parte com os Deerhunter.

Há bilhetes na Flur, Fnac Chiado, Fnac Colombo.
No dia do concerto há bilhetes no Club Lua, aí a partir das 21h.
Portas: 22h00
Deerhunter: 22h30/23h00
LIARS: 23h30/00h

25 setembro 2006

Ouvir o Triângulo Escaleno #4

Já está disponível para ouvir online, ou fazer o download completo do ficheiro mp3, a emissão #4 do Triângulo Escaleno.
O convidado foi Luís Bento que brilhou com muitas escolhas musicais e explicou tudo sobre os concertos de hoje, e amanhã, dos Liars.
Tudo aqui:
Triângulo Escaleno #4


Click here to get your own player.

24 setembro 2006

Hoje às 22h: Triângulo Escaleno #4

Esta semana na Química FM - 105,4 o convidado do programa é um dos responsáveis pelo regresso a Portugal da banda que não sabe dar maus concertos:

Para falar dos concertos dos Liars, e de outras coisas como fotografia, ou playstation, vamos estar à conversa com Luís Bento.
A partir das 22h em 105,4.

23 setembro 2006

Sparklehorse - Dreamt for Light Years in the Belly of a Mountain



É amor à primeira audição. Impossível não ficar pegado ao novo disco da banda de Mark Linkous.
Valeu a pena esperar 5 anos pelo sucessor de A Wonderful Life, porque este 4º disco de originais dos Sparklehorse é todo ele inspiração e beleza.
A voz de Mark Linkous a exteriorizar todos os seus fantasmas montanha acima, e os arranjos melódicos de guitarras, e muito especialmente do piano, dão uma combinação de uma dúzia de canções que ameaçam não sairem dos nossos ouvidos tão cedo.
Tudo calmo até Ghost in the Sky, altura em que os Sparklehorse aceleram um pouco criando um balanço engraçado no resultado final. À 8ª canção tudo volta à normal harmonia vocal / instrumental.
Depois ainda há para descobrir colaborações de gente como Tom Waits, Dangermouse, ou Stephen Drozd dos Flaming Lips.
Temos disco grande para encarar o outono mais abrigados.
Sai na próxima 2ª feira, dia 25.

22 setembro 2006

Bonga na Aula Magna dia 29

De hoje a 8 dias temos festa garantida na Aula Magna, José Adelino Barceló de Carvalho mais conhecido por Bonga vai dar o grande concerto de revisão de toda a sua carreira. Esperam-se todos os grandes temas que deram fama ao música africano.

21 setembro 2006

Chegámos ao Outono


É inevitável, muda a estação e pensamos sempre no que vamos passar a vestir, nos dias diferentes que aí vêm, e neste caso em música que associamos ao Outono. No que me toca há um disco a que recorro sempre nesta altura já de há uns anos para cá, ou melhor, de há uma década para cá. É o álbum de 1996 dos R.E.M. New Adventures in Hi-Fi.
Lindíssimo.

Vicious Five Hoje!

Nas Fnacs de Lisboa:

17h no Chiado

21h30 no Colombo

Bunnyrunch de Volta

Boas novas! Os Bunnyrunch apresentam o seu novo disco no próximo dia 4 no Club Mercado. A não perder.

20 setembro 2006

Atenção Braga!

Concertos em Braga:


31 de Outubro - Chico César & Quinto de Cordas da Parahyba "De uns tempos pra cá"

3 de Novembro - Al di Meola

10 de Novembro - Antony and The Johnsons & Charles Atlas "Turning"

4 de Dezembro - John Zorn "Moonchild" com Mike Patton

Fiquem atentos, bracarenses.

Mais Um Vizinho: Pedro Varela apresenta os seus SONS

As suas letras normalmente estão associadas a assuntos políticos. Em 2002, foi assim com "I Phantom" primeiro trabalho que desenvolveu na editora "Definitive Jux". Ainda assim menos agressivo que a generalidade dos EPs até então criados. Quatro anos depois, Mr. Lif está de regresso com um álbum que só alguns podem editar. Poeta e um verdadeiro repórter da vida (BritishHipHop.com), Lif volta à carga com a globalização, administração Bush, McDonald's, entre outros, e revela a sua preocupação com as diferenças entre a classe baixa e constante modernização mundial em que vivemos. A inspiração de Lif está nas televisões e jornais de todos o mundo. Neste momento estaríamos perante o necessário para obrigatoriamente ouvirmos este álbum, mas é vital acrescentar, que por detrás da realização deste "Mo'Mega" está El-P. O apetite não poderia estar mais aguçado!

Esta prosa é copiada do novo blog sobre música que apareceu nas últimas semanas na vizinhança. Não foi escolhida ao acaso, depois de a ler fui procurar o disco e acabei por conhecer um dos ábuns que mais tenho ouvido ultimamente. É quase sempre assim nos discos analisados no Sons.
É um espaço onde o seu autor vai dando opinião sobre os mais variados discos, e pela regularidade que apresenta merece uma entrada directa para os favoritos.
Pertence ao amigo Pedro Varela que se estreia nestas andanças de prosas musicais.
Muito bem vindo, Pedro, e espero ver esses SONS sempre actualizados.

link: http://sons.weblog.com.pt

19 setembro 2006

Feira do Disco na Gare do Oriente

Está confirmada a realização da tradicional Feira do Disco na Gare do Oriente para os dias 13, 14 e 15 de Outubro.
Brevemente conto dar mais informações. Ficam marcados os dias na agenda.

Um dos Melhores Singles de 2006

Tv on The Radio - Wolf Like Me
do disco Return To Cookie Mountain, um dos bons discos deste ano.

18 setembro 2006

Ouvir o Triângulo

Ontem à noite foi para o ar a 3ª emissão de Triângulo Escaleno na rádio Química FM (105,4 ). Tem sido uma bela aventura, e agora quem não consegue sintonizar a frequência da Química pode ouvir o programa de ontem que contou com o finlandês mais português, Yari.

Click here to get your own player.

Diz-se...



... no próximo mês vamos ter um concerto único de regresso do Trovante.

17 setembro 2006

16 setembro 2006

Vetiver, Fim de Semana em Portugal

As canções de Andy Cabic, conhecido pelo projecto Vetiver, podem ser ouvidas e apreciadas hoje em Lisboa e amanhã no Porto.
Hoje o concerto é na ZdB e espera-se casa cheia para ouvir um dos compositores mais interessantes da nova geração americana, muito na linha do conhecido Devendra Banhart.

mais informação: ZdB

Amanhã no Triângulo

Jari Marjamäki, mais conhecido por Yari. Produtor, DJ, co-fundador do colectivo Pulsar, Yari especializou-se nas electrónicas techno-minimais, também sob o pseudónimo Zentex.

info: triângulo escaleno

15 setembro 2006

Revista de Imprensa: Mojo, Q

FREE CD – THE QUIET REVOLUTION
MOJO celebrates the last rays of summer sunshine with the likes of Bert Jansch, John & Beverley Martyn and many more.
ELTON JOHN!
The Ultimate Rock 'N' Roll Interview. As Reg Dwight's latest album revisits this golden age in more ways than one.
MONTY PYTHON - THE ROCK CONNECTION
Long before Life Of Brian, an eccentric British comedy troupe launched a guerrilla attack on 70s US culture via the rock 'n' roll medium of the vinyl LP.
TRIBUTE TO ARTHUR LEE
MOJO presents an 8-page farewell to the contrary genius behind the legendary Love, plus read extracts from Arthur Lee's last ever published interview.


Q Magazine


FREE with this month’s issue of Q Magazine is the Q Idols book – a collection of award-winning Q photography.

Twenty years ago, the music press employed two stock methods to portray their subjects; the standard band line-up against a convenient brick wall, or the grainy in-concert shot. When Q came along, almost at once music photography was different. Q portrayed rock stars in their natural environment and set about encapsulating the glamorous world of music in glorious technicolour and luxurious detail. Pictures taken for Q have often come to define artists, and continue to raise the bar for music photography.

SCISSOR SISTERS EXCLUSIVE!
Weird. Chaotic. Sick. They have performed as an abortion, fought over quiche and are today debating the perils of an engorged penis. Welcome back, Scissor Sisters, the strangest band to have sold three million records.

THE 100 GREATEST SONGS EVER!
Q readers have voted in their thousands to shape The 100 Greatest Songs Ever list found in this month’s issue. Helping define Q’s musical landscape that stretches from Otis Redding and Elvis Presley to Razorlight and the Arctic Monkeys – stopping off en route at destinations as diverting as The Beatles, The Who, The Rolling Stones, U2, Radiohead and Nirvana – we can only applaud your good taste and finely tuned sense of what it is that defines a classic record.

14 setembro 2006

Hoje à Noite no Lux

Há o baile funk de Diplo, e a energia contangiante dos Buraka Som Sistema.
A festa promete.

Mash-Up

É viciante descobrir os mash-up que andam pela net. Um Mash-up é quando alguém consegue misturar duas músicas diferentes de tal maneira que o resultado é uma nova música.
Há belos exemplos para procurar.
Eu escolho o Smells Like Billie Jean, Nirvana Vs Michael Jackson!

É ouvir aqui: Smells Like Billie Jean

Revista de Imprensa Mensal: Uncut



  • OPINION - Michael Eavis
  • YOU HAD TO BE THERE - Jimi Hendrix’s UK debut
  • IN HIS OWN WRITE - Motörhead’s Lemmy
  • CH-CH-CH-CHANGES - Noddy Holder of Slade
  • FIGHT CLUB - Floyd post Syd: Jake Shears vs Noel Fielding
  • THE STARS THAT FAME FORGOT - Wreckless Eric
  • MY LIFE IN MUSIC - Punk poetess Patti Smith
  • FROM THE VAULT - Elton John talking dirty back in ’95
  • THE MAKING OF… - Derek & The Dominos’ “Layla”
  • I THOUGHT YOU WERE DEAD - Richard Butler of The Psychedelic Furs
  • JON WILDE INTERVIEW - Adam Ant
  • AN AUDIENCE WITH… - The Manics’ Nicky Wire
  • FEEDBACK - Readers’ letters
  • STOP ME… - The Waterboys’ Mike Scott

  • já à venda na Tema

    13 setembro 2006

    Vem Aí Música Boa Portuguesa

    É garantido.
    Basta estar atento às edições que vão aparecer muito brevemente. Nomes a ter debaixo de olho:
    Uxu Kalhus
    Dazkarieh

    Argumentos para fortalecer a expectativa:

    um tema do novo álbum dos Dazkarieh - Vitorina


    a entrevista do Luís Rei aos Uxu Kalhus para o Terra Pura

    ficam oficialmente avisados!

    Fug - Ready For Us

    Apareceram com alarido em 2001. Editaram Ready For Us, pela editora Nuphonic. E o título é acertado, há 5 anos o mundo estava mais do que pronto para receber este som que os Fug propunham. Entre o instrumental dançante, e calmo, muito em voga no final da década de 90, e com boas canções apoiadas em belas vozes femininas, os Fug convenceram e assinaram um bom disco. No entanto a sua área de intervenção andava com uma taxa de ocupação elevada, e as comparações aos Massive Attack fizeram afastar potenciais consumidores.
    Passados 5 anos ouve-se Ready For Us com prazer e sem o barulho que rodeava a banda na altura da edição.
    Boas canções, bons intrumentais. Um disco muito válido.

    12 setembro 2006

    O Tal Hot Summer

    Partilho com os leitores o videoclip de um temas mais viciantes deste verão. É o tal de que falei aqui, pertence aos Young Knives:



    The Young Knives - Weekends & Bleakdays (Hot Summer)

    11 setembro 2006

    Rescaldo da Emissão 2

    Decididamente, fazer rádio é um prazer. Aliás, é um privilégio. Nos dias que correm, ter duas horas no noite de domingo para fazer um programa à nossa medida é um privilégio.
    Como neste projecto chamado Triângulo Escaleno, eu e o Vítor Junqueira contamos sempre com um convidado, é quase como termos um cantinho na Química FM só para nós.
    Ontem estivemos duas horas à conversa com o Pedro Gonçalves. Correu bem, só podia correr bem porque o Pedro é um homem de ideias claras, um comunicador nato, e é daqueles amigos que está sempre pronto a aplicar o seu corrosivo humor.
    Levou as suas músicas, falou a sério sobre jornalismo musical, brincou a relatar a final do US Open que vimos em directo no estúdio.
    Falou das suas escolhas musicais, mas mostrou sempre interesse nas selecções dos autores do programa.
    E a prova que o Pedro está sempre atento, é que hoje de manhã vinha a ouvir o seu programa, Panela ao Lume, e a seguir ao habitual tema dos Radio on Tv, oiço The Young Knives. Ora, esta canção dos The Young Knives fui eu que levei para a rádio. Ele ouviu ontem pela primeira vez, e hoje de manhã já a divulgou. É grande. Por isto , e por tudo o resto.
    Um abraço, Pedro.


    Para ouvirem o programa sigam o link de baixo:
    Triângulo Escaleno #2

    10 setembro 2006

    Obrigado aos 20 mil!

    Durante o dia de ontem o contador desta página, lá em baixo do lado esquerdo, assinalou a passagem dos 20 mil visitantes desde 1 de Maio deste ano.
    Obrigado pela vossa visita ao Grandes Sons.

    Hoje Há Triângulo Escaleno

    Na segunda semana de emissão o Triângulo Escaleno volta em directo a partir das 22h, e esta semana convida o vizinho Pedro Gonçalves.

    Mais informações: Triângulo Escaleno

    22h - 24h
    Química FM
    105.4

    09 setembro 2006

    A ZdB Reabre Portas

    E para comemorar o regresso à actividade logo à noite há concertos gratuitos na sala do Bairro Alto:
    Electro_Jazz_&_Spoken_Word_Sessions
    Leo Tardin & Grand Pianoramax c/ Celena Glenn (CH/US)
    J. Gomes Combo (PT)


    Toda a informação para conferir na páginda da ZdB: Galeria Zé dos Bois

    08 setembro 2006

    Roni Size Hoje em Alcântara



    Surpreendemente, o evento não tem sido muito divulgado, mas o facto de Roni Size actuar hoje em Lisboa merece ser destacado. No site Positiva.org anuncia-se uma noite de concertos para os lados de Alcântara:

    LISBOA - 8 DE SETEMBRO / ARMAZEM C2 - ALCÂNTARA Area 1 RONI SIZE (Reprazent / Full Cycle UK) DAWN PENN (Jamaica) MC SWEETPEA (UK) Bob Figurante feat. DaMula (Kussondulola) Hi Fidel Cartel : Alif : Escher Area 2 SimmerDown Sound Jah Army Corporation
    Roni Size é uma das figuras importantes da década de 90. O inglês de Bristol foi o rosto do movimento jungle / drum n' bass, editando discos que ainda hoje são referências como é o caso do excelente New Forms de 1997.
    É caso para se pensar a sério em ir até Alcântara mais logo.

    Preço do bilhete: 12,50 Euros RESERVAS/INFORMAÇÕES: 707 234 234

    07 setembro 2006

    Bob Schneider - Lonelyland

    É inevitável. Ano após ano por estas alturas volto sempre a este disco. Há algo de perfeito na junção das letras sérias sobre assuntos infelizes, com a harmonia das melodias pop das canções que Bob Schneider construíu neste seu segundo disco de originais a solo.
    O americano chega a atingir a perfeição nas músicas "Metal and Steel", e "Moon Song", que deviam fazer parte da vida de cada pessoa que diz gostar de uma boa canção saída da caneta de um cantautor inspirado.
    Mas não é um disco de duas ou três faixas irresistiveis, nada disso. "Lonelyland" é para ser ouvido de principio ao fim com o prazer, e o vagar que uma calma tarde de fim de verão nos pode dar.
    Para quem ainda não conhece a música de Bob Schneider, deve procurar urgentemente "Lonelyland".

    disco editado em Março de 2001

    Há Noites Assim

    Hoje não venho falar de nenhum concerto em especial, nem de nenhum disco que tenha despertado a atenção. Venho só partilhar a bonita sensação que é conhecer pessoalmente figuras que respeitamos, e já há muito acompanhamos o seu percurso. A noite que passou foi uma daquelas em que, surpreendentemente, acontecem encontros interessantes.
    A vontade de ir ouvir o reggae seleccionado pelo amigo Pedro Gonçalves no bar Left, levou-me até Santos. Ao pôr a conversa em dia acabo por conhecer Luís Varatojo, que também lá tinha ido com o mesmo propósito que eu. Conversa puxa conversa e acabámos à mesa a partilhar ideias, histórias, opiniões, e experiências. Termino a noite a trocar contactos com o Luís Varatojo, e com o Jorge, o homem que gere o Left, para num futuro próximo poder contar com eles no Triângulo Escaleno.
    Isto tudo para dizer que ainda bem que o pequeno meio da música nacional não é só composto por pessoal mesquinho e arrogante, e que há (muita) malta interessante, e que vale a pena conhecer.
    Um grande abraço ao Luís Varatojo, ao Pedro Gonçalves, e ao Jorge.
    O pior é a ressaca de hoje...

    06 setembro 2006

    Diz Que Não Diz

    Diz ele que não diz nada.
    É mentira, o autor do blogue Não Digo Nada diz muito, e bem. E faz serviço público, ora procurem por lá concertos do Paredes de Coura deste ano.
    Bem haja.

    05 setembro 2006

    Pearl Jam@Pavilhão Atlântico

    (foto de Pedro Polónio)

    Há um episódio do Seinfeld em que Jerry passa o tempo a explicar a sua teoria das compensações. Por alguma coisa que alguém perde, ele ganha algo inesperadamente, se alguém está em baixo, um amigo está com a moral em cima, e aí por diante...
    Lembrei-me disto ontem a meio do concerto dos Pearl Jam. Isto porque, pela terceira vez, estava a gostar muito de os ver ao vivo, isto porque estava num Pavilhão Atlântico cheio e entusiasmado.
    Onde é que entra a lei de Seinfeld? É simples, há um ponto em comum entre uma perda e um ganho.
    Foi no Pavilhão Atlântico que ficou imortalizada a imagem de Andre Agassi na sua passagem por Portugal em Lisboa. O tenista americano acabou de se retirar do circuito, na véspera vi-o a despedir-se emocionado do seu público no US Open. Um dia depois no mesmo Atlântico os Pearl Jam mostram que vivem, cantam a plenos pulmões "I'm Still Alive", e pelo coro gigantesco, está tudo em harmonia. Perdemos o grande campeão Agassi, mas ainda contamos com uns dos grandes embaixadores do rock da geração 90.

    Os Pearl Jam aliam as suas canções, realmente boas e pouco datadas, a uma presença forte de Eddie Vedder em palco. Há um respeito enorme pelos fãs, há o cuidado de estudar o alinhamento para cada público, ontem Eddie anunciou que ia tocar 3 temas seguidos que nunca tinha tocado cá. E tocou. Além disso, o vocalista tentou sempre falar em português, trazia cábulas que lhe permitiram dialogar em longas frases.
    A entrega da banda é incrível, e a devoção de mais de 16 mil fãs é perfeitamente justificada.
    Eddie continua a lembrar-se das primeiras passagens por Cascais e Lisboa, e mantém a química com o público português intacta.
    O alinhamento da primeira noite em Lisboa:

    Set 1 Wasted Reprise, Life Wasted, Animal, Corduroy, Severed Hand, World Wide Suicide, Even Flow, I Am Mine, Gods' Dice, Given To Fly, Do The Evolution, Wishlist, Lukin, Not For You(Modern Girl), Comatose, Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town, Jeremy, Why Go
    Encore 1 Last Kiss, Inside Job, Black, Crazy Mary, Alive
    Encore 2 Big Wave, Better Man, Leash, Baba O'Riley, Yellow Ledbetter

    04 setembro 2006

    Pearl Jam Logo à Noite no Atlântico

    A primeira de duas noites dos Pearl Jam em Lisboa é mais logo.
    Aqui fica o último alinhamento tocado antes de cá chegarem, foi em Vitoria , Espanha:

    Set 1 Go, Last Exit, Corduroy, World Wide Suicide, Severed Hand, Do The Evolution, Even Flow, Marker In The Sand, MFC, Daughter(Blitzkrieg Bop), Green Disease, Grievance, Gone, Why Go, Down, Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town, Spin The Black Circle
    Encore 1 I Believe In Miracles, Black, Given To Fly, Save You, Alive
    Encore 2 Better Man, Rearviewmirror, Blood, Rockin' In The Free World, Yellow Ledbetter

    A Paixão da Rádio

    Foram dias de nervosismo e ansiedade. Há coisas que nunca mudam, e o facto de nos estarmos a preparar para estrear um programa, ainda por cima em directo, na rádio deve ser sensações mais fascinantes. Isto para quem gosta da rádio não formatada, daquela rádio que nos faz companhia, que nos faz pensar, que nos mostra novas músicas, que nos faz recordar sons perdidos, e que também transmite canções que não gostamos. Uma rádio com gente dentro, é isso que a Química pretende pôr no ar. É um privilégio para mim fazer parte da família Química que está a trabalhar para construir uma modesta estação que albergue todos os que estão orfãos de rádios humanas, e não aguentam mais as playlist formatadas, e a pensar no gosto do senso comum revelado por inquériros "infalíveis".

    Isto para dizer que foi para o ar a primeira emissão do projecto da minha autoria, e do Vítor Junqueira, há algumas horas atrás. O Triângulo Escaleno fechou o primeiro fim de semana de vida da Química FM, e foram duas horas que me souberam pela vida. Todo o stress até 1 minuto antes de ir para o ar, transforma-se num imenso prazer em forma de comunicação, e divulgação. Apresentar as nossas músicas escolhidas criteriosamente nos últimos dias, dar as opiniões que acho que devo dar, sem pressões, e a adrelina de sebaer que o estou ali a fazer naquele momento é o que o ouvinte vai avaliar sem mais filtros.
    Uma noite de estreia para mais tarde recordar, e o arranque de um projecto que me dará muito gozo semanalmente.
    Vida longa ao Triângulo Escaleno.

    03 setembro 2006

    Hoje às 22h

    O arranque do programa de rádio Triângulo Escaleno.
    Em 105.4, rádio Química.

    info: Triângulo Escaleno

    Fado à Beira Tejo

    Valeu muito a pena passar o passeio até à zona de Belém para ver e ouvir o espectáculo proposto pela CML e que juntou duas grandes figuras do fado lisboeta, Carlos do Carmo e Camané.
    Em ambiente de consagração, os fadistas foram acompanhados por uma orquestra, além das indispensáveis guitarras portuguesas.
    Muito curioso verificar que entre os milhares que encheram o relvado em frente à Torre de Belém, muitos eram jovens e ouviam com silêncio respeitoso, e elogiado por Carlos do Carmo. Aliás, foi ele a figura da noite, a sua voz continua num timbre perfeito, a sua boa disposição foi uma constante, lançando tiradas como: "não podemos ficar aqui a noite toda, o Camané ainda é jovem, agora não queiram matar aqui o velhinho".
    Carlos do Carmo é o charme em pessoa, a maneira como trata Eunice Muñoz, outra convidada, o respeito com que cumprimenta os músicos, a admiração com que apresenta os técnicos de som e luz, até a maneira como mata a sede em palco, servindo a água engarrafada num copo. E depois quando anuncia a estreia de um fado, e canta "Canôa, tu sabes bem...".
    Camané será o responsável, talvez, pela presença de tanta juventude. Ele que se mostra aberto aos sons além fado, como se viu em Humanos, mas que sabe interpretar na perfeição o seu papel de fadista da nova geração.

    O resto é a maravilha dos sons da guitarra portuguesa a acompanharem esses versos envolventes do fado português, tudo ganha uma bonita dimensão quando temos o Tejo de um lado, e as 7 colinas do outro.
    O melhor momento da noite foi ver como o piano de Bernardo Sassetti pode acompanhar lindamente um fado cantado por Carlos do Carmos.

    02 setembro 2006

    Carlos do Carmo e Camané em Belém de Borla

    Hoje à noite será difícil resistir à tentaçao de ir até junto da Torre de Belém, em Lisboa, para assistir a um concerto único a juntar em palco duas gerações distintas do fado, representadas por dois dos melhores intérpretes.
    Carlos do Carmo e Camané apresentam-se juntos ao vivo num espectáculo gratuito, com o belo cenário da Torre de Belém e do rio Tejo a enquadrar uma noite de fado prometedora.

    01 setembro 2006

    Sugestão Para Domingo à Noite

    É a estreia do programa Triângulo Escaleno. Ao mesmo tempo é o regresso às noites da rádio. Vai ser em directo, das 22h às 24h, e é uma emissão de lançamento. Esta semana só eu e o Vítor Junqueira em estúdio a passarmos as nossas músicas. Daqui para a frente sempre com um convidado.
    Vai valer a pena esta nova aventura de rádio, tenho a certeza.

    O Regresso dos Arrested Development

    A citar o tradicional "old-school", os veteranos Arrested Development estão de volta aos discos de originais. A antecipar o álbum que sai no próximo dia 18, "Since the Last Time", já roda o video de "Down and Dirty". Podem vê-lo em baixo.